Ponte da Crimeia explode e assombra os Russos

Publicado por: Redação
09/10/2022 12:55 PM
Exibições: 113

Em chamas a ponte da Crimeia, que liga a península ucraniana ocupada pela Rússia e o continente, vídeos e imagens foi postada por testemunhas oculares nas mídias sociais.

 

A mídia ucraniana informou que um incêndio ocorreu na Ponte da Crimeia – a ponte estratégica que liga a Rússia à península ocupada da Crimeia – por volta das 7h do dia 8 de outubro. 

 

O fogo já foi eliminado, informou a agência de notícias estatal russa TASS.

A TASS disse que o tráfego nas partes rodoviária e ferroviária da ponte foi interrompido, e a Rússia está se preparando para lançar uma balsa pelo Estreito de Kerch. A RIA Novosti, outra agência de notícias estatal russa, disse que um tanque de combustível estava pegando fogo na ponte.


A mídia russa também informou que todos os trens da Rússia para a Crimeia foram cancelados devido ao incêndio e a venda de passagens de trem para a península foi suspensa.


A Ponte da Crimeia foi construída ilegalmente pela Rússia após sua invasão e ocupação da península ucraniana em 2014. Os danos causados ​​na ponte podem complicar ainda mais as cadeias de suprimentos já interrompidas dos militares russos no sul da Ucrânia, à medida que Kiev continua conduzindo sua contra-ofensiva na área.


Escala de dano

Fotos e vídeos de testemunhas oculares da ponte da Crimeia em chamas mostram que uma enorme explosão a atingiu no vão que transporta o tráfego ferroviário.

 

Vladimir Konstantinov, chefe do "parlamento" ilegal da Crimeia instalado na Rússia, acusou "vândalos ucranianos" de atacar a ponte. Ele alegou que o dano foi "insignificante" e que a ponte seria reparada em breve.

 

No entanto, o porta-voz do ditador russo Vladimir Putin, Dmitry Peskov, disse que “ainda não há previsões” para a restauração da ponte da Crimeia, informou a agência de notícias estatal russa RIA Novosti.
O sindicato russo de seguradoras estimou os danos da explosão em 200-500 milhões de rublos (US$ 1,4-3,6 milhões).

 

Quem é responsável?

Após a explosão, Mykhailo Podolyak, conselheiro do chefe do Gabinete do Presidente da Ucrânia, escreveu no Twitter que “tudo ilegal deve ser destruído, tudo roubado deve ser devolvido à Ucrânia, tudo ocupado pela Rússia deve ser expulso”.


Várias outras autoridades ucranianas sugeriram o envolvimento de Kyiv no ataque ao comentarem sobre a explosão em 8 de outubro.

 

Em agosto, Podolyak disse que a ponte da Crimeia deveria ser destruída como um alvo militar legítimo.

 

Ukrainska Pravda, um jornal online, citou fontes policiais dizendo que o Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU) está por trás da explosão.

 

O SBU indiretamente confirmou o relatório. "A ponte está queimando lindamente ao amanhecer. Um rouxinol encontra a SBU na Crimeia", brincou a SBU, parafraseando o poeta ucraniano Taras Shevchenko.

 

Editado por Mike Nelson

Com informações do Kiev Independent

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Vídeos relacionados