Ataques de Drones Navais Ucranianos Desativam Navios Russos no Mar Negro

Publicado por: Feed News
16/06/2024 18:02:58
Exibições: 162
Divulgação/Redes Sociais/Captura de Tela
Divulgação/Redes Sociais/Captura de Tela

Eficácia dos Drones Marítimos: Impacto Estratégico na Guerra Contra a Rússia


A Ucrânia continua a surpreender o mundo com suas inovações tecnológicas na defesa de seu território e, agora, se destaca na guerra no Mar Negro. Uma das mais notáveis criações é a frota de navios de superfície não tripulados (USVs), que são gerenciados remotamente pelos defensores ucranianos.

 

O Poder dos Drones Navais
Antes do início da guerra em grande escala, a tecnologia naval mais avançada era o Sea Hunter dos EUA, um navio de 40 metros em desenvolvimento desde 2016. No entanto, a Ucrânia rapidamente se tornou pioneira na criação de drones navais pequenos, rápidos e baratos de construir, superando até mesmo as inovações ocidentais.

Esses USVs ucranianos têm sido usados com sucesso para atingir uma variedade de alvos russos, incluindo navios de patrulha, navios de transporte e de guerra, e até a ponte Kerch, que liga a Crimeia à Rússia. O impacto desses drones, embora individuais, é significativo; a estimativa é que cerca de dez navios russos, incluindo o Caesar Kunikov, foram desativados por esses ataques.

 

Adaptação e Inovação Contínua
Os russos tentaram combater os drones ucranianos usando metralhadoras e helicópteros. Em resposta, a Ucrânia adaptou seus drones, equipando-os com mísseis ar-ar R-73 modificados para lançamento na superfície, permitindo-lhes abater helicópteros. Este desenvolvimento mostra a contínua inovação e adaptação das forças ucranianas.

Os drones marítimos SBU Sea Baby, financiados através da plataforma UNITED24, agora estão equipados com sistemas Grad, tornando-os ainda mais mortais. “Nosso Sea Baby não é apenas um drone, mas uma plataforma multifuncional em constante aprimoramento”, afirmou um representante da SBU.

 

Tecnologia Invisível e Letal
Os drones marítimos SBU são construídos com material que absorve ondas de rádio, tornando-os invisíveis aos sistemas de detecção inimigos. Eles operam na faixa de ruído na fronteira entre água e ar, o que os torna extremamente difíceis de detectar. Como resultado, esses drones podem se aproximar de seus alvos sem serem percebidos.

 

Impacto Estratégico
Até agora, esses drones atacaram 11 navios da Federação Russa e a Ponte da Crimeia, uma infraestrutura crítica usada pela Rússia para o fornecimento de armas. O custo dos drones SBU é estimado em 8,5 milhões de hryvnias, enquanto os navios russos que eles destroem valem várias dezenas de milhões de dólares, demonstrando a eficácia e o custo-benefício dessas tecnologias ucranianas.

 

Conclusão
A frota de navios-bomba sem marinheiros da Ucrânia representa um avanço significativo na guerra marítima moderna. As inovações contínuas e a capacidade de adaptação das forças ucranianas têm sido cruciais para o sucesso contra as forças russas no Mar Negro. Este desenvolvimento não apenas desafia a superioridade naval russa, mas também redefine o futuro da guerra naval, onde tecnologia e estratégia desempenham papéis cruciais.

Mais vídeos relacionados